Logo PPCIS PPCIS - Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais

Idiomas

Linhas de Pesquisa

1. Produções artísticas, imagéticas e intelectuais

Esta linha de pesquisa agrupa pesquisadores cujos objetos de interesse giram em torno das formas de produção intelectual e artística. Os projetos estão organizados em torno de três eixos: a) produção, circulação e recepção da imagem, da arte e de práticas culturais em seus diversos campos; b) sociologia dos intelectuais e da educação, com ênfase nos estudos sobre trajetórias de cientistas e formulação de políticas públicas nas áreas de cultura, educação e ciência e tecnologia; e c) pesquisas de natureza bibliográfica sobre as vertentes da teoria social e do pensamento social brasileiro.

Professores: Bernardo Ferreira, Clarice Ehlers Peixoto, Fernando Weltman, Helena Bomeny, João Trajano Sento-Sé, Marcos Albuquerque, Maria Claudia Coelho, Myrian Santos, Paulo D’Avila, Ronaldo Oliveira de Castro e Valter Sinder

 

 

Esta linha integra três grupos de pesquisa ASSOCIADOS A PROJETOS DE EXTENSÃO.:

Arte, Imagem e Cultura

As proposições teóricas e de pesquisa desta linha focalizam as formas de expressão cultural e as relações sociais em contextos específicos. Trazem por temas a produção, circulação e recepção da imagem, da arte e de práticas culturais em seus diversos campos (filme, fotografia, performance, dança, música, teatro, artes plásticas, literatura, preservação patrimonial), evidenciando disputas e conflitos, bem como as suas potencialidades heurísticas no campo das ciências sociais.

PROJETOS DE EXTENSÃO: INARRA, MUSEU AFRO-DIGITAL RIO, NÚCLEO PRÓ-ILHEUS E OPIERJ

Professores: Clarice Ehlers Peixoto, Marcos Albuquerque e Myrian Santos

Intelectuais, Educação e Política

Reúnem-se nesta linha de pesquisa professores/as que têm investido academicamente em temas e questões que se relacionam com o cruzamento de Ciências Sociais com os seguintes campos de conhecimento:  trajetórias intelectuais, militância, formulação de políticas e educação. O espaço de interlocução é ampliado em todas essas frentes pela reflexão teórica e pesquisa empírica a respeito da interface das ciências sociais com a literatura, a política, biografias e educação.

GRUPO DE PESQUISA CIENCIAS SOCIAIS E EDUCAÇÃO

Professores: Fernando Weltman, Helena Bomeny e Valter Sinder

Teoria Social

Reúne pesquisas estritamente teóricas em que as discussões e análises são focadas exclusivamente na arquitetura conceitual formalizada em textos de diferentes tipos: sociológicos, antropológicos, políticos, filosóficos, literários, etc. O que agrega os trabalhos inscritos nessa linha, portanto, é muito mais a escolha pela investigação bibliográfica do que eventuais filiações disciplinares ou epistemológicas. Inscrevem-se nessa linha, também, as pesquisas dedicadas ao que se convencionou chamar pensamento social brasileiro.

Professores: Bernardo Ferreira, Helena Bomeny, João Trajano Sento-Sé, Maria Claudia Coelho, Paulo D´Avila, Ronaldo Oliveira de Castro e Valter Sinder.

 


2. Cidade, Movimentos Sociais e Religião

Esta linha de pesquisa agrupa projetos concebidos em torno de dois eixos principais: a) o estudo de gestão política e moral de territórios e populações: e b) associações e práticas religiosas em suas várias interfaces com agências estatais e não governamentais no cotidiano da cidade.

Professores: Cecília Mariz, Lia de Mattos Rocha, Marcia Contins, Marcia Leite, Maria Josefina Gabriel Sant´Anna, Paula Mendes Lacerda, Patrícia Birman, Roberta Sampaio Guimarães, Sandra Maria Corrêa de Sá Carneiro.

 

 

Esta linha integra dois grupos de pesquisa:

Cidade, Poder e Resistências

Engloba pesquisadores/as e projetos de pesquisa que utilizam a perspectiva etnográfica para compreender práticas estatais operando em territórios e sobre populações, por meio de instituições, agentes da administração pública e dispositivos de gestão. No mesmo sentido, interessam as resistências, resiliências e persistências protagonizadas por agentes (especialmente em situações de assimetrias sociais atravessadas por marcadores sociais de raça, classe, gênero, religião, nacionalidade), estejam eles organizados em coletivos políticos ou não.

PROJETOS DE EXTENSÃO: CIDADES E DISTÚRBIO

Professores: Lia de Mattos Rocha, Marcia Leite, Maria Josefina Gabriel Sant´Anna, Paula Mendes Lacerda, Patrícia Birman, Roberta Sampaio Guimarães, Sandra Maria Corrêa de Sá Carneiro

Religiões, Sociabilidades e Formas de Expressão Cultural

Engloba pesquisadores/as e projetos de pesquisa que abordam os efeitos da presença de atividades, grupos, rituais ou símbolos religiosos em contextos variados, bem como seu papel em redes de ação social e suas dimensões expressivas. Inclui os campos que excedem a toponímia do “religioso” e que permitem pensá-lo não só como um conjunto de fenômenos, mas também como categoria nativa e de análise.

ESTUDOS DO CRISTIANISMO; NUCLEO DE ESTUDOS DA RELIGIÃO

Professores:  Cecilia Mariz, Marcia Contins, Marcia Leite, Patrícia Birman, Sandra Maria Corrêa de Sá Carneiro

 


3. Família, Gênero, Emoções e Gerações

Esta linha reúne pesquisadores que abordam, tanto sob uma perspectiva antropológica de viés metodológico qualitativo quanto sob uma perspectiva sociológica de orientação metodológica quantitativa, um conjunto de temáticas tradicionalmente associadas à dimensão privada da vida individual, explorando os aspectos sociais e culturais de suas configurações: as novas formações familiares, os estudos de gênero/sexualidade, a construção cultural das emoções e as relações intergeracionais.

Professores: Clara Araújo, Clarice Ehlers Peixoto, Claudia Barcellos Rezende, Maira Covre-Sussai, Maria Claudia Coelho, Paula Lacerda e Waleska Aureliano.

 

 

Esta linha integra dois grupos de pesquisa:

Cultura, Subjetividade e Emoções

Essa linha reúne projetos de pesquisa que examinam os limites e possibilidades de construção das emoções como um objeto de estudo das Ciências Sociais. Os projetos específicos exploram a dimensão emocional de fenômenos de duas ordens: aqueles ligados à vida privada, tais como experiências de saúde/doença, ao corpo e às relações familiares, e àqueles ligados à esfera pública, tais como o engajamento em movimentos sociais e as formas da vitimização.

NANTE

Professores: Claudia Barcellos Rezende, Maria Claudia Coelho, Waleska Aureliano

Família, Gênero e Gerações

Esta linha agrega projetos de pesquisas que analisam as transformações e os comportamentos familiares e seus reflexos intergeracionais, bem como estudos sobre sexualidade e as relações sociais de gênero. Família, geração, gênero e sexualidade são tratados tanto como base de identidades sociais quanto como eixos de formas contemporâneas de desigualdades.

GREFAC E NUDERG

Professores: Clara Araújo, Clarice Ehlers Peixoto, Claudia Barcellos Rezende, Maira Covre-Sussai, Paula Lacerda e Waleska Aureliano

 


4. Cidadania, Estado e Políticas Públicas

Esta linha tem como fio condutor o interesse pelos temas da cidadania e da representação, tratados sob um conjunto de angulações teóricas provenientes da Sociologia e da Ciência Política. Os projetos nela abrigados concentram-se em torno de duas temáticas principais: a) violência, desigualdade e análise de políticas de segurança pública; e b) mídia, formação de opinião pública e representação política.

Professores: Bernardo Ferreira, Clara Araújo, Doriam Borges, Eduardo Ribeiro, Fernando Lattman-Weltman, Ignácio Cano, João Trajano Sento-Sé, Myrian Sepúlveda, Paulo D´Avila.

 

 

Esta linha integra dois grupos de pesquisa:

 Violência, Cidadania e Políticas Públicas

A linha enfeixa uma série de trabalhos dedicados a estudar os fatores que concorrem para a incidência de diferentes modalidades de violência e para o acesso socialmente diferenciado a direitos. Nessa perspectiva, há especial interesse na análise de políticas nacionais e internacionais focadas para o campo da redução da violência em suas diferentes expressões, para a qualificação da segurança pública e para a ampliação do acesso a direitos.

LAV E QUANTIDADOS

Professores: Doriam Borges, Eduardo Ribeiro, Ignácio Cano, João Trajano Sento-Sé, Myrian Sepúlveda

 

Estado, Política e Representação

A convergência de dois campos de estudos da política institucional é o que caracteriza as dinâmicas de trabalho dessa linha. São desenvolvidas investigações sobre processos de construção de agendas com ênfase nos estudos das mídias e esferas públicas de formação de opinião. Em uma perspectiva mais estritamente institucionalizada, investiga-se a formação de grupos de interesse e de identidade para a composição de agendas no âmbito da representação política. Há especial interesse nas casas legislativas estaduais e municipais, bem como a observação das movimentações dos diferentes grupos de minorias tais como mulheres, negros, moradores de periferia, etc.

NIAP

Professores: Clara Araújo, Doriam Borges, Fernando Lattman-Weltman, Paulo D´Avila, Bernardo Ferreira.